segunda-feira, 30 de março de 2009

Confia Sempre - Chico Xavier (Meimei)







Não percas a tua fé entre as sombras do mundo. Ainda que os teus pés estejam sangrando, segue para a frente, erguendo-a por luz celeste, acima de ti mesmo.Crê e trabalha.

Esforça-te no bem e espera com paciência. Tudo passa e tudo se renova na terra, mas o que vem do céu permanecerá.

De todos os infelizes os mais desditosos são os que perderam a confiança em Deus e em si mesmo, porque o maior infortúnio é sofrer a privação da fé e prosseguir vivendo. Eleva, pois, o teu olhar e caminha. Luta e serve. Aprende e adianta-te. Brilha a alvorada além da noite.

Hoje, é possível que a tempestade te amarfanhe o coração e te atormente o ideal, aguilhoando-te com a aflição ou ameaçando-te com a morte... Não te esqueças, porém, de que amanhã será outro dia.

(Meimei - Espírito/Chico Xavier)

Prece de Meimei

domingo, 29 de março de 2009

Oração do Amigo (Gabriel Chalita)


Há muito se diz que, quem encontrou um amigo, encontrou um tesouro precioso. Há muito se diz que amizade verdadeira dura pra sempre. Não tem aquelas tempestades da paixão e nem a calmaria exagerada do descompromisso. É o meio termo. É a bonita sensação do estar perto e, de repente, deixar o silêncio chegar. Não exige tanto. Exige tudo.

As amizades nascem do acaso. Ou de alguma força que faz com que uma simples brincadeira, uma informação, um caderno emprestado, uma dor seja capaz de unir duas pessoas. E a cumplicidade vai ganhando corpo, e o desejo de estar junto vai aumentando, e, com ele, a sensação sempre boa do poder partilhar, de se doar.

Há muito se diz que os amigos verdadeiros são aqueles que se fazem presentes nos momentos mais difíceis da vida, naqueles momentos em que a dor parece querer superar o desejo de viver.

De fato, os amigos são necessários nesses momentos. Mas, talvez, a amizade maior seja aquela em que o amigo seja capaz de estar ao lado do outro nos momentos de glória, e vibrar com essa glória. Não ter inveja. Não querer destruir o troféu conquistado. Aplaudir e se fazer presente. Ser presente.

A amizade não obedece à ordem da proporcionalidade do merecimento. Não há sentido em querer de volta tudo o que com generosidade se distribuiu. A cobrança esmaga o espontâneo da amizade. E a surpresa alimenta o desejo de estar junto.

O amigo gosta de surpreender o outro com pequenos gestos. Coisas aqui e ali que roubam um sorriso, um abraço, um suspiro. E tudo puro, e tudo lindo.

Há muito se diz que não é possível viver sozinho. A jornada é penosa e, sem amparo, é difícil caminhar.

Juntos, os pássaros voam com mais tranquilidade. Juntas, as gaivotas revezam a liderança para que nem uma delas se canse demais.

Juntos, é possível aos golfinhos comentarem a beleza de um oceano infinito. Juntos, mulheres e homens partilham momentos inesquecíveis de uma natureza que não se cansa de surpreender.

Eu te peço, Senhor, nessa singela oração, que me dês a graça de ser fiel aos meus amigos. São poucos. E impossível seria que fossem muitos. São poucos, mas são preciosos. Eu te peço, Senhor, que me afastes do mal da inveja que traz consigo outros desvios. A fofoca. A terrível fofoca que humilha, que maltrata, que faz sofrer.

Eu te peço, Senhor, que o sucesso do outro me impulsione a construir o meu caminho, e que jamais eu tenha ânsia de querer atrapalhar a subida de meu amigo. Eu te peço, Senhor, a graça de ser leal. Que eu saiba ouvir sempre e saiba quando é necessário falar.

Senhor, sei que a regra de ouro da amizade consiste em não fazer ao amigo aquilo que eu não gostaria que ele me fizesse. E te peço que eu seja fiel a essa intenção. E sei que essa regra fará com que o que se diz há tanto tempo se realize na minha vida. Que eu tenha poucos amigos, mas amigos que permaneçam para sempre.
Não poderia ter muitos. Não teria tempo para cuidar de todos. E de amigo a gente cuida. Amigo a gente acolhe, a gente ama.

Senhor, protege os meus amigos. Que, nessa linda jornada, consigamos conviver em harmonia. Que, nesse lindo espetáculo, possamos subir juntos ao palco. Sem protagonista.

Ou melhor, que todos sejam protagonistas, e que todos percebam a importância de estar ali. No palco. Na vida.

Obrigado, Senhor, pelo dom de viver e de conviver. Obrigado, Senhor, pelo dom de sentir e de manifestar o meu sentimento. Obrigado, Senhor, pela capacidade de amar, que é abundante e é sem-fim.

Autor: Gabriel Chalita

Trios importantes (Chico Xavier)


Três verbos existem que, bem conjugados, serão lâmpadas luminosas em nosso caminho:
Aprender - Servir - Cooperar

Três atitudes exigem muita atenção:
Analisar - Reprovar - Reclamar

De três normas de conduta jamais nos arrependeremos:
Auxiliar com a intenção do bem - Silenciar -Pronunciar frases de bondade e estímulo

Três diretrizes manter-nos-ão, invariavelmente, em rumo certo:
Ajudar sem distinção - Esquecer todo mal - Trabalhar sempre

Três posições devemos evitar em todas as circunstâncias:
Maldizer - Condenar - Destruir

Possuímos três valores que, depois de perdidos, jamais serão recuperados:
A hora que passa - A oportunidade de elevação - A palavra falada

Três programas sublimes se desdobram à nossa frente, revelando-nos a glória da Vida Superior:

Amor. - Humildade - Bom Ânimo


Para que possamos efetivamente evoluir, devemos seguir sempre as três abençoadas regras de salvação:

- Corrigir em nós o que nos desagrada nos outros
- Amparar-nos mutuamente
- Amar-nos uns aos outros


***

[E lembrar que jamais devemos culpar alguém por aquilo que nos acontece, pois nós somos os responsáveis diretos por tudo de bom ou de mal que surgir em nosso caminho... Sempre!]

(Chico Xavier)

terça-feira, 24 de março de 2009

Amigos


"Eu talvez não tenha muitos amigos.

Mas os que eu tenho são os melhores que alguém poderia ter.

Além disso tenho sorte, porque os amigos que tenho têm muitos amigos e os dividem comigo.

Assim o meu número de amigos sempre aumenta, já que eu sempre ganho amigos dos meus amigos.

Foi assim aqui, uns eu ganhei há tempos, outros são mais recentes.

E quem os deu não ficou sem eles, pois a amizade pode sempre ser dividida sem nunca diminuir ou enfraquecer. Pelo contrário, quanto mais dividida, mais ela aumenta.

E há mais vantagens na amizade: é uma das poucas coisas que não custam nada e valem muito, embora não sejam vendáveis.

Entretanto, é preciso que se cuide um pouco das amizades.

As mais recentes, por exemplo, precisam de alguns cuidados. Poucos, é verdade, mas indispensáveis. É preciso mantê-los com um certo calor, falar com eles mais amiúde e no início, com muito jeito. Com o tempo eles crescem, ficam fortes e até suportam alguns trancos.

Os mais antigos, já sólidos, não exigem muito, são como as mudas das plantas, que depois de enraizadas, parecem poder viver sem cuidados, porém não podem jamais ser esquecidas. Algo é preciso para mantê-las vivas.

Prezo muito minhas amizades e reservo sempre um canto no meu peito para elas.

E, sempre que surge a ocasião, também não perco a oportunidade de dar um amigo a um amigo, da mesma forma que eu ganhei vocês.

E não adiantam as despedidas.

De um amigo ninguém se livra fácil.

A amizade além de contagiosa É totalmente incurável."

(Vinícius de Morais)

sábado, 21 de março de 2009

Uma Linda Prece (Um presente a você!) (Chico Xavier)


"Que Deus não permita que eu perca o romantismo, mesmo eu sabendo que as rosas não falam. Que eu não perca o otimismo, mesmo sabendo que o futuro que nos espera não é assim tão alegre. Que eu não perca a vontade de viver, mesmo sabendo que a vida é, em muitos momentos, dolorosa... Que eu não perca a vontade de ter grandes amigos, mesmo sabendo que, com as voltas do mundo, eles acabam indo embora de nossas vidas...

Que eu não perca a vontade de ajudar as pessoas, mesmo sabendo que muitas delas são incapazes de ver, reconhecer e retribuir esta ajuda. Que eu não perca o equilíbrio, mesmo sabendo que inúmeras forças querem que eu caia. Que eu não perca a vontade de amar, mesmo sabendo que a pessoa que eu mais amo, pode não sentir o mesmo sentimento por mim...

Que eu não perca a luz e o brilho no olhar, mesmo sabendo que muitas coisas que verei no mundo, escurecerão meus olhos... Que eu não perca a garra, mesmo sabendo que a derrota e a perda são dois adversários extremamente perigosos. Que eu não perca a razão, mesmo sabendo que as tentações da vida são inúmeras e deliciosas. Que eu não perca o sentimento de justiça, mesmo sabendo que o prejudicado possa ser eu. Que eu não perca o meu forte abraço, mesmo sabendo que um dia meus braços estarão fracos...

Que eu não perca a beleza e a alegria de viver, mesmo sabendo que muitas lágrimas brotarão dos meus olhos e escorrerão por minha alma... Que eu não perca o amor por minha família, mesmo sabendo que ela muitas vezes me exigiria esforços incríveis para manter a sua harmonia. Que eu não perca a vontade de doar este enorme amor que existe em meu coração, mesmo sabendo que muitas vezes ele será submetido e até rejeitado.

Que eu não perca a vontade de ser grande, mesmo sabendo que o mundo é pequeno... E acima de tudo, que eu jamais me esqueça que Deus me ama infinitamente, que um pequeno grão de alegria e esperança dentro de cada um é capaz de mudar e transformar qualquer coisa, pois a vida é construída nos sonhos e concretizada no amor!"

(Francisco Cândido Xavier)

Conte comigo


Conte comigo mesmo sem contar a mim tanta coisa que lhe amargura e resseca o fundo da alma...

Conte, nas horas mais abandonadas da vida, quando o olhar olhando derredor, só visar deserto...

Conte comigo mesmo sem vontade de contar com ninguém, ou certo de que não vale a pena contar com mais ninguém, nesta vida...

Conte comigo para reaprender a cantar, durante a vida e a viver de serenas e pequenas felicidades...

Conte comigo para ajudá-lo a ter rosto bom e quieto, ao menos na presença dos filhos menores, que vivem dos rostos abertos...

Conte para auxilia-lo no amargo carregamento da cruz...

Conte comigo para ficar sabendo e experiência, que há na vida muita coisa escondida premio de quem venceu na dor...

Conte para triunfar no ritmo vagaroso do dever, na decadência da paz diária, aprendendo com as teima da vida madrasta...

Conte, que são largos os caminhos da vida, esperando os passo duplos de dois amigos que vão, na direção da conversa...

Conte comigo para olhar alto, buscando a face de um PAI...

Conte, mesmo para não se entregar aos desânimos e desencantos, de que anda cheia a vida, do começo ao fim...

Conte comigo, que venceremos juntos, anjo da guarda com seu pupilo...

Conte que a vida tem que ser bela, criando nós as belezas de dentro para fora, obrigação do coração, missão da fé...

Conte comigo, conte sempre, teimando com você mesmo que não quer saber de nada, ofendido que foi, descrente que anda...

Conte, quando olhando pra frente não sente vontade de andar, e olhando pra traz tem medo do caminho que andou...

Conte comigo, para que tenha valor e beleza cada passo seu, cada dia da vida, cada hora dentro de cada dia...

Conte comigo, conte mesmo, sabendo que estou em todos os lugares, para...
fazer companhia aos desacompanhados corações dos homens...

Um pai jamais deixará um filho desacompanhado...

CONTE COMIGO MEU FILHO!

(Autor Desconhecido)

Paz, carinho, amor e amizade...


Existem momentos em nossas vidas, que precisamos de algo que não possui marca de grife, não se compra em um shopping da moda...

Que muitos dizem possuir, mas quando lhes solicitados poucos conseguem realmente provar possuem...

Falo do carinho, do respeito e acima de tudo da amizade verdadeira, que não cobra nada, que não tem valor material, mas que...

É capaz de enriquecer a alma de quem esta próximo, mudando toda um trajetória de vida...

Sentir a amizade, sentir o carinho, sentir o respeito em sua totalidade, é um presente valioso que DEUS nos oferece...

E hoje posso dizer que tenho essa riqueza pois tenho você como amigo...
Obrigado por você existir!

Essa mensagem eu dedico a você, como uma oração para fortalecer ainda mais todo esse carinho que você possui em seu coração...

Uma mensagem que a cada vez que ler e ouvir, saberá que é o pedido que faço a Deus, não pela necessidade, mas...

Para cada vez mais encher esse coração maravilhoso de...

PAZ, CARINHO, AMOR E AMIZADE...

(Autor Desconhecido)

Vocabulário para os netos


Estava eu no computador, após ter visitado meus netos, Luiza, Letícia e Luan, e haver ensinado um pouco do dever de casa quando me veio à cabeça a idéia de fazer um pequeno dicionário para que eles entendessem mais profundamente, sem a formalidade das regras gramaticais ou amarras filosóficas, o significado de algumas palavras importantes na vida de qualquer pessoa.

Quem sabe um dia, quando forem adolescentes e tiverem oportunidade de ler o que eu escrevi, procurem raciocinar sobre as palavras lá contidas, e amando-as, as deixem entrar e morar em seus corações.

Engraçado é que este exercício me levou a uma séria reflexão sobre a pobreza das palavras, notadamente quando queremos expressar nossos sentimentos.
O que sentimos é imensamente mais belo e rico, de mais profundidade do que aquilo que conseguimos grafar.

Parece que quanto mais simples somos em nossa comunicação, mas nos fazemos entender e mais tocamos a corda do sentimento de quem nos lê ou escuta.

Foi por causa dessa reflexão sobre a simplicidade das palavras em nossa comunicação, que introduzi o texto abaixo neste livro, convidando os leitores para que também meditem nas palavras que utilizam, principalmente no relacionamento com quem amam.

Meu guia espiritual, Francisco, me advertira de que trataríamos de um drama muito sofrido. Que começasse pela ternura. Portanto, o texto é também uma tentativa de preparar o leitor para as dores que serão narradas.


Adeus: É quando o coração que parte deixa a metade com quem fica.

Amigo : É alguém que fica para ajudar quando todo mundo se afasta.

Amor ao próximo: É quando o estranho passa a ser o amigo que ainda não abraçamos.

Caridade: É quando a gente está com fome, só tem uma bolacha e reparte.

Carinho : É quando a gente não encontra nenhuma palavra para expressar o que
sente e fala com as mãos, colocando o afago em cada dedo

Ciúme: É quando o coração fica apertado porque não confia em si mesmo.

Cordialidade: É quando amamos muito uma pessoa e tratamos todo mundo da maneira que a tratamos.

Doutrinação : É quando a gente conversa com o Espírito colocando o coração em cada palavra.

Entendimento: É quando um velhinho caminha devagar na nossa frente e a gente estando apressado não reclama.

Evangelho: É um livro que só se lê bem com o coração.

Evolução: É quando a gente está lá na frente e sente vontade de buscar quem ficou para trás.

Fé: É quando a gente diz que vai escalar um Everest e o coração já o considera feito.

Filhos : É quando Deus entrega uma jóia em nossa mão e recomenda cuidá-la

Fome : É quando o estômago manda um pedido para a boca e ela silencia.

Inimizade: É quando a gente empurra a linha do afeto para bem distante.

Inveja: É quando a gente ainda não descobriu que pode ser mais e melhor do que o outro.

Lágrima : É quando o coração pede aos olhos que falem por ele.

Lealdade: É quando a gente prefere morrer que trair a quem ama.

Mágoa: É um espinho que a gente coloca no coração e se esquece de retirar.

Maldade: É quando arrancamos as asas do anjo que deveríamos ser.

Mediunidade com Jesus : É quando a gente serve de instrumento em uma comunicação mediúnica e a música tocada parece um noturno de Chopin.

Morte: Quer dizer viagem, transferência ou qualquer coisa com cheiro de eternidade.

Netos: É quando Deus tem pena dos avós e manda anjos para alegrá-los.

Obsessor: É quando o Espírito adoece,manda embora a compaixão e convida a vingança para morar com ele.

Ódio: É quando plantamos trigo o ano todo e estando os pendões maduros a gente queima tudo em um dia.

Orgulho: É quando a gente é uma formiga e quer convencer os outros de que é um elefante.

Paz : É o prêmio de quem cumpre honestamente o dever.

Perdão: É uma alegria que a gente se dá e que pensava que jamais a teria.

Perfume: É quando mesmo de olhos fechados a gente reconhece quem nos faz feliz.

Pessimismo: É quando a gente perde a capacidade de ver em cores.

Preguiça: É quando entra vírus na coragem e ela adoece.

Raiva: É quando colocamos uma muralha no caminho da paz.

Reencarnação: É quando a gente volta para o corpo, esquecido do que fez, para se lembrar do que ainda não fez.

Saudade: É estando longe, sentir vontade de voar, e estando perto, querer parar o tempo.

Sexo: É quando a gente ama tanto que tem vontade de morar dentro do outro.

Simplicidade : É o comportamento de quem começa a ser sábio.

Sinceridade : É quando nos expressamos como se o outro estivesse do outro lado do espelho.

Solidão: É quando estamos cercado por pessoas, mas o coração não vê ninguém por perto.

Supérfluo: É quando a nossa sede precisa de um gole de água e a gente pede um rio inteiro.

Ternura: É quando alguém nos olha e os olhos brilham como duas estrelas.

Vaidade: É quando a gente abdica da nossa essência por outra, geralmente pior.

(Do Livro: "O homem que veio da sombra"
de Luiz Gonzaga Pinheiro)

Meu Deus...


"Ajuda-me a dizer a palavra da verdade na cara dos fortes, e a não mentir para obter o aplauso dos débeis.

Se me dás dinheiro, não tomes a minha felicidade, e se me dás forças, não tires o meu raciocínio.

Se me dás êxito, não me tires a humildade, se me dás humildade, não tires a minha dignidade.

Ajuda-me a conhecer a outra face da realidade, e não me deixes acusar os meus adversários, apodando-os de traidores, porque não partilham o meu critério.

Ensina-me a amar os outros como me amo a mim mesmo, e a julgar-me como o faço com os outros.

Não me deixes embriagar com o êxito, quando o consigo, nem a desesperar, se fracasso.

Sobretudo, faz-me sempre recordar que o fracasso é a prova que antecede o êxito.

Ensina-me que a tolerância é o mais alto grau da força e que o desejo de vingança é a primeira manifestação da debilidade.

Se me despojas do dinheiro, deixa-me a esperança, e se me despojas do êxito, deixa-me a força de vontade para poder vencer o fracasso.

Se me despojas do dom da saúde deixa-me a graça da fé.

Se causo dano a alguém, dá-me a força da desculpa, e se alguém me causa dano, dá-me a força do perdão e da clemência.

Meu Deus, se me esquecer de Ti, Tu não Te esqueças de mim."


Autor: Mahatma Gandhi

sexta-feira, 20 de março de 2009

A Arte de Ouvir (Divaldo Franco)



A Arte de Ouvir (Divaldo Franco)

Serenidade Sempre (Joanna de Ângelis | Divaldo Franco)




Serenidade Sempre (Divaldo Franco)


Todo homem sábio é sereno.
A serenidade é conquista que se consegue com esforço pessoal e passo a passo.
Pequenos desafios que são superados; irritação que se faz controlada; desafios emocionais corrigidos; vontade bem direcionada; ambição freada, são experiências para a aquisição da serenidade.

Um Espírito sereno já se encontrou consigo próprio, sabendo exatamente o que deseja da vida.
A serenidade harmoniza, exteriorizando-se de forma agradável para os circunstantes. Inspira confiança, acalma e propõe afeição.
O homem sereno já venceu grande parte da luta.
Que nenhuma agressão exterior te perturbe, levando-te à irritação, ao desequilíbrio.
Mantém-te sereno em todas as realizações.
A tua paz é moeda arduamente conquistada, que não deves atirar fora por motivos irrelevantes.
Os tesouros reais, de alto valor, são aqueles de ordem íntima, que ninguém toma, jamais se perdem e sempre seguem com a pessoa.
Tua serenidade, tua gema preciosa.

Diante de quem te enganou, traindo a tua confiança, o teu ideal, ou envolvendo-te em malquerença, mantém-te sereno.
O enganador é quem deve estar inquieto, e não a sua vítima.

Nunca te permitas demonstrar que foste atingido pelo petardo da maldade alheia. No teu círculo familiar ou social sempre defrontarás com pessoas perturbadoras, confusas e agressivas.

Não te desgastes com elas, competindo nas faixas de desequilíbrio em que se fixam.Constituem teste à tua paciência e serenidade. Assim exercita-te com essas situações para, mais seguro, enfrentares os grandes testemunhos e provações do processo evolutivo, sempre, porém, com serenidade.


(Texto recebido espiritualmente pelo médium Divaldo Pereira Franco - Extraído do livro "Dimensões da Verdade" - Editora LEAL).

Defenda-se (André Luiz)




Defenda-se (André Luiz)


Não converta seus ouvidos num paiol de boatos.
A intriga é uma víbora que se aninhará em sua alma.
Não transforme seus olhos em óculos da maledicência.
As imagens que você corromper viverão corruptas na tela se sua mente.

Não Faça de suas mãos lanças para lutar sem proveito.
Use-as na sementeira do bem.

Não menospreze sua faculdades criadoras, centralizando-as nos prazeres fáceis.
Você responderá pelo que fizer delas.

Não condene sua imaginação às excitações permanentes.
Suas criações inferiores atormentarão seu mundo íntimo.

Não conduza seus sentimentos à volúpia de sofrer.
Ensine-os a gozar o prazer de servir.

Não procure o caminho do paraíso, indicando aos outros a estrada para o inferno. A senda para o Céu será construída dentro de você mesmo.


Autor: André Luiz (Espírito)

quinta-feira, 12 de março de 2009

Comece hoje mesmo (Chico Xavier)


Meu amigo, se a dor lhe bate à porta, lembre-se dos benefícios de que é portador e não desfaleça.

A Bondade Divina não articula pensamentos para o mal.

A ferida que dilacera ou o desgosto que perturba, temporariamente, costuma encerrar incalculáveis recursos de elevação.

Tenha paciência e não esmoreça no bem.

Se a desorientação lhe entrava os passos, use a prece. A oração realiza milagres.

Se possível, reúna aqueles que você ama, dentro da mesma vibração de confiança no culto do Pai Celestial.

Se está doente e desalentado, peça a bênção do Senhor para o copo de água fria que lhe atende à sede, porque da Fonte Divina fluem substâncias de paz e restauração para quantos lhe pedem socorro ao sublime poder.

Se você permanece em desespero, não permita que a sua desventura culmine em gestos de suprema revolta.

Espere mais tempo, antes de qualquer resolução inapelável e injusta.

Amanhã, o dia renascerá transformado.

As circunstâncias se modificam, de minuto a minuto, e os reveses de agora serão alegrias no porvir.

Teça, com serenidade, a sua auréola de ventura porvindoura, aproveitando os ensinamentos que a dor lhe trouxe ao coração.

Não tema as dificuldades e prossiga com Jesus para a frente.

Busque a presença do Divino Amigo, em seus pensamentos e, na própria luta, encontrará infinitos motivos de reconforto e beleza, bom ânimo e paz.

Inicie o abençoado serviço da oração, hoje mesmo, e amanhã, provavelmente, você começará a rejubilar-se na colheita de luz.


(Espírito Agar, Médium: Francisco Cândido Xavier - Do livro: Nosso Livro)

sábado, 7 de março de 2009

Pedaços de Mim (Martha Medeiros)


Eu sou feito de
Sonhos interrompidos
detalhes despercebidos
amores mal resolvidos

Sou feito de
Choros sem ter razão
pessoas no coração
atos por impulsão

Sinto falta de
Lugares que não conheci
experiências que não vivi
momentos que já esqueci

Eu sou
Amor e carinho constante
distraída até o bastante
não paro por instante


Tive noites mal dormidas
perdi pessoas muito queridas
cumpri coisas não-prometidas

Muitas vezes eu
Desisti sem mesmo tentar
pensei em fugir,para não enfrentar
sorri para não chorar

Eu sinto pelas
Coisas que não mudei
amizades que não cultivei
aqueles que eu julguei
coisas que eu falei

Tenho saudade
De pessoas que fui conhecendo
lembranças que fui esquecendo
amigos que acabei perdendo
Mas continuo vivendo e aprendendo.

Autora: Martha Medeiros

segunda-feira, 2 de março de 2009

SUIPA (RJ) - Adoção de Cães


CIRCULAR MENSAL DE JANEIRO DE 2009

Amigos e Amigas da SUIPA,

Desejamos A TODOS VOCÊS um ótimo Novo Ano, com muita saúde, paz e garra para lutar por causas nobres. A cada mês iremos escrever sobre um tema, de interesse de todos vocês. Nesse mês, falaremos sobre ADOÇÃO! Como vocês podem constatar, estamos enviando 32 fotos dos nossos AMADOS SOBRINHOS ABRIGADOS, todos mansos, esterilizados, a maioria de porte pequeno, que estão esperando por pessoas responsáveis e em condições de mantê-los com conforto e segurança. Muitas pessoas somente se interessam em adotar filhotes de cães e de gatos. Entendemos o motivo que alegam: “quero educar do meu jeito”. Entretanto, ainda existe (MAS JÁ ESTÁ DIMINUINDO BASTANTE!!) o preconceito com relação aos animais adultos que precisam MUITO ser adotados! As vantagens de se adotar animais adultos são: não irão crescer mais e, com isso, o porte já estará definido; já se conhece o comportamento de cada animal (se é brincalhão, anti-social, estressado etc...), não irão roer mais móveis, sapatos etc...; a possibilidade de adquirirem uma doença será menor, por serem mais resistentes do que filhotes. Além de todas essas vantagens, ainda existe o AMOR QUE ELES NOS TRANSMITEM, quando adotados já adultos. Seja cão ou gato, o sentimento de gratidão é IMENSO e todo o carinho que recebemos deles nos preenche a vida....

Os adultos são mais carentes, porque já tiveram um lar, já amaram um humano que os abandonou....Isso não quer dizer que os filhotes de cães e de gatos não devam ser adotados. Pelo contrário! Nada é mais adorável do que os miados e latidos de filhotes, que não sabem o que fazer quando se deparam com suas próprias sombras na parede....Filhotes são “capetinhas”, mas muito gostosinhos, como nossos “filhotes” quando são pequenos. O importante é pensar VINTE VEZES OU MAIS antes de levar para casa o novo membro da família, seja cão, gato, coelho, hamster e outros sobrinhos. Cada espécie precisa de CUIDADOS BÁSICOS e, nosso cotidiano, precisa ser organizado também em função desses “filhos adotivos” que irão depender de nós até o fim de seus dias. Por isso, TODOS DA FAMILIA, inclusive nossas secretárias do lar, devem aceitar e querer dividir as responsabilidades diárias como: levar para passear na rua, pelo menos duas vezes por dia, sempre com coleira e guia (se for adulto); levar periodicamente ao veterinário para uma consulta sem compromisso; esterilizar para que não nasçam gatinhos, cãezinhos e coelhinhos; limpar várias vezes ao dia a caixinha higiênica dos “filhos” felinos, enfim, todo o nosso ritmo de vida se modifica, MAS SEMPRE PARA MELHOR QUANDO SE TEM UM ANIMAL ADOTADO!!!

Por quê muitas pessoas se “pré-ocupam” tanto com um detalhe tão bobo que é saber se o animal “é de raça”? Se fossem adotar uma criança, iriam se “pré-ocupar” se a criança é asiática, americana do norte ou do sul ou simplesmente uma criança necessitando de uma família?? O mesmo acontece com os animais não humanos. Quando se deseja REALMENTE adotar um cão ou um gato, ou até mesmo um cavalo, o que importa é a RESPONSABILIDADE que a pessoa irá ter com aquele novo membro da família. Raça Definida é importante para exposição, para campeonato, mesmo assim, muitos animais como os GREYHOUND (cães galgos, aqueles que são bem magrinhos) são utilizados nos Estados Unidos para “corridas de cachorro” e, quando estão idosos ou adoentados são literalmente “descartados”, não importando se têm ou não raça definida. Em nosso abrigo, existem vários rotweillers, centenas de poodles, dezenas de cocker spaniels, além de gatos siameses aos montes e alguns persas. Quem se importa em ter “um animal de raça”, na realidade não quer ter um amigo em casa, mas um “objeto valioso”, como se fosse o carro do ano, para mostrar aos amigos.... Quando “a raça” não está mais “na moda”, são imediatamente “trocadas” pelas novas “marcas”...Vamos pensar BEM antes de colocar um bichinho de estimação em casa, mesmo que nossas crianças chorem, arranquem os cabelos... Quando a novidade ACABA para a criança, o animal é “jogado” na área, ficando semanas sem ver a luz do sol, apenas ouvindo o fritar dos hamburguers e batatas fritas na cozinha....

ADOTAR É PRECISO! NADA DE COMPRAR VIDAS! Se seus amigos desejam um animalzinho em casa, podem adotar nos CENTROS DE CONTROLE DE ZOONOSES (órgãos das prefeituras que recolhem os animais abandonados e que, se não forem adotados, muitas vezes acabam sendo sacrificados...).Também podem adotar nas sociedades protetoras de animais que existem, por menor que sejam, sempre existem em quase todas as cidades brasileiras. Perguntem aos veterinários em clínicas particulares, em petshops, às telefonistas. Eles sempre têm um contato de protetores com animais para adoção e de sociedades como a SUIPA, com milhares de sobrinhos esperando por um novo lar e muito amor. Nos folhetos anexos colocamos apenas cães adultos, mas temos gatos adultos muito lindos e mansos que também precisam ser adotados. Além disso, gatinhos e cãezinhos filhotes são diversos, necessitando de pessoas responsáveis que queiram também adotá-los.Estaremos no CLUBE BOQUEIRÃO com nosso Programa ADOTE UM FOCINHO CARENTE nos dias: 31/JANEIRO, 14/FEVEREIRO e 07, 14 e 21 de MARÇO, sempre iniciando às 09 horas até às 15 horas. Talvez alguns associados não tenham recebido os boletos de dezembro porque nossos amados “sobrinhos” da Administração, em uma tarde de domingo, com a SUIPA já fechada, resolveram fazer uma FESTA e rasgaram centenas de boletos que já estavam envelopados, prontos para irem na segunda-feira para o correio. Tentamos descobrir os nomes nos boletos rasurados, mas talvez muitos de vocês não tenham recebido. Pedimos que nos enviem um email para cadastro@suipa.org.br ou nos telefonem. A SUIPA já está, aos poucos, contatando moradores e órgãos públicos de Macaé, Rio Bonito e Campos para ajudar no tratamento, abrigo e resgate dos animais que sofreram também com as chuvas de novembro-2008. Os animais de Santa Catarina também receberam ajuda de protetores do R.Gde. Sul. Vamos fazendo o que podemos, para que nossos adoráveis sobrinhos, de todos os cantos do mundo, possam viver em um mundo melhor. Abraços suipanos.

A Diretoria.

http://www.suipa.org.br/br/circulares/2009/1/janeiro2009.doc


“Quando o homem aprender a respeitar até o menor ser da criação, seja animal ou vegetal, ninguém precisará ensiná-lo a amar seu semelhante.”

Albert Schweitzer (Nobel da Paz de 1952)