sexta-feira, 14 de maio de 2010

Amizade (Machado de Assis)


Amizade...Amor:
Uma gota suave que tomba
No cálice da vida
Para diminuir seu amargor...
Amizade é um rasto de Deus
Nas praias dos homens;
Um lampejo do eterno
Riscando as trevas do tempo.
Sem o calor humano do amigo
A vida seria um deserto.
Amigo(a) é alguém sempre perto,
Alguém presente,
Mesmo, quando longe, geograficamente.
Amigo(a) é uma Segunda eucaristia,
Um Deus-conosco, bem gente,
Não em fragmentos de pão,
Mas no mistério de dois corações
Permutando sintonia
Num dueto de gratidão.
Na geografia da amizade,
Do amor,
Até hoje não descobri
Se o amigo(a) é luz, estrela,
Ou perfume de flor.
Sei apenas, com precisão,
Que ele torna mais rica e mais bela
A vida se faz canção!

(Machado de Assis)

Nenhum comentário: